Centro de Vivência

Centro de Vivência

Aprender os conceitos iniciais para confecção de bijuterias e as técnicas de fechamento de peças como colares e pulseiras. Essa é a Oficina de Bijuterias, a mais nova atividade oferecida pela Afecc-Hospital Santa Rita de Cássia a seus pacientes. As aulas são ministradas no Centro de Vivência, localizado em frente ao Ambulatório do Hospital.

A primeira oficina foi realizada dia 21 de fevereiro, mas uma segunda turma já foi aberta para o dia 7 de março, das 9h às 11h. São 20 vagas exclusivamente para pacientes do SUS em tratamento de câncer na Afecc-Hospital Santa Rita de Cássia. Os interessados devem procurar as equipes do Ambulatório, na sala da Psicologia.

A Oficina possibilita conhecimento técnico para a boa confecção de bijuterias, o que poderá facilitar a produção de produtos para obtenção de complemento da renda familiar.

Para Jussara Izabel Batista, a decisão de participar da Oficina envolveu o fato de esta ser também uma terapia que ajudará no seu tratamento, pois estará ocupando o tempo ocioso com uma atividade prazerosa e que poderá lhe render alguma fonte de renda, “caso as peças fiquem bonitas e as pessoas gostem”, disse ela rindo.

Esse mesmo pensamento é compartilhado por Luzia Cleonice Patuzzo, que, junto com Conceição da Silva Barbosa veio de Colatina. As duas se conhecem do Programa de Reabilitação para Mulheres Mastectomizadas (Premma), também desenvolvido pela Afecc-Hospital Santa Rita de Cássia. Como a data da Oficina coincidiu com o dia em que ambas participam de atividades no Premma, se inscreveram. Primeiro elas participaram das atividades no Premma e em seguida foram para a Oficina de Bijuterias. No início da tarde retornaram para Colatina.

As demais alunas disseram que também tentarão confeccionar bijuterias para vender, mas que o principal motivo de se inscreverem foi a oportunidade de ocupar a mente com atividades produtivas. Nenhuma das alunas havia participado de cursos, oficinas ou treinamentos com bijuterias.

Para a facilitadora Marlene de Azevedo Araújo Nascimento, profissional que ministrou a Oficina, o objetivo foi exatamente o de ensinar os conceitos básicos para a fabricação de bijuterias, as técnicas de fechamentos de peças para colares e pulseiras, e a fabricação de brincos.
 
Os materiais utilizados foram: miçangas pequenas, miçangas médias, contas, pérolas, nylon, terminal tips, fechos, alicate de bijuterias, pinos para bijuterias, bases para brincos, elos e anzóis para bijuterias. Tudo fornecido gratuitamente para as alunas.

Artigos Relacionados

Noite de Massas da Afecc

Esse é um evento com tempero especial: reunião de pessoas com o intuito de somar a corrente de solidariedade da Afecc em prol dos pacientes

Ler mais